o melhor do marketing de guerrilha

Posts marcados ‘arte urbana’

Cayetano Ferrer e a arte-camaleão

O artista americano Cayetano Ferrer faz um excelente trabalho utilizando ilusões de ótica e transparências, que interagem com o ambiente criando um verdadeiro espetáculo visual de mimetismo. As interações foram feitas principalmente em Chicago e na Coreia do Sul. Trouxe algumas, mas dá pra ver bem mais aqui e no site dele.

“Guerrilhando” com OakOak

Quer jeito mais eficaz de falar com as pessoas do que interferir na rotina delas, quebrando o gelo do dia a dia? É essa a função das intervenções urbanas de artistas e também das agências de guerrilha ao redor do mundo. Mas as segundas só se apropriaram de algo que os primeiros fizeram acontecer – se hoje a guerrilha é algo que vem bombando nas ações de marketing, é porque faz parte de um movimento que começou nas ruas muito antes de virar argumento de venda.

Quem nunca jogou Campo Minado?

O artista francês autoentitulado Oakoak brinca com os elementos urbanos de um jeito muito inusitado, causando estranhamento e, principalmente, risos. Não tem como não prestar atenção – ou seja, tudo o que a guerrilha quer provocar. Vale muito a pena tirar um tempo pra conferir o blog. Vai lá 😉

Dica da Dani Thones

Isso que é guerrilha, pombas!



Com o tema Nômades Urbanos, o festival de arte de rua Pop Up Lisboa acontece até 11/12 deste ano. Para divulgar o movimento, que adotou os pombos como ícone em 2010, a agência de guerrilha Torke colou stickers imitando os cocôs das aves por tudo que é canto. Paredes, carros, muros, postes e até pessoas ganharam a famigerada marca registrada das rolinhas. Viu, quem disse que portuga só faz #m?

Via UoD

%d blogueiros gostam disto: