o melhor do marketing de guerrilha

A expressão “belo lixo” acaba de ganhar uma conotação literal. Pelo menos em Auckland, na Nova Zelândia, onde a agência Colenso BBDO transformou os sacos convencionais de refugo em imitações de arbustos, criando “canteiros” onde havia sobras. Além de deixar a cidade mais bonita, a prefeitura entregou um kit às empresas locais com orientações  para evitar o despejo ilegal. Limpeza?

Via Ads of the World

"Dê uma agitada nas coisas."

Pra “dar uma sacudida” nas vendas do Mini durante a temporada de férias nos Estados Unidos, a Renault colocou um snow globe gigante num dos pontos mais movimentados de Nova York, perto da Macy’s – maior loja de departamentos do mundo. Taí: aventura, potência e comodidade traduzidas com poucas palavras e muito buzz. Quer um de Natal?

Via PaperPlane

Nem só de pão

"Ajude. Tire alguém das ruas."

Como diriam os Titãs, “a gente não quer só comida”. De fato, ninguém vive sem afeto, e a ausência dele é ainda mais evidente pra quem não tem um lar. Pra despertar a reflexão sobre isso, a comunidade evangélica canadense First United e a DDB de Vancouver imaginaram uma intervenção de rua centrada na história de quem vive nela, com manequins “fantasma” ocupando o lugar de pessoas. A página no Facebook poderia ter sido melhor explorada, mas como ação local acho que valeu muito. O texto do vídeo é muito bom. “We don’t bite, man!” 😉

Via PaperPlane

O que a Y&R Moscow fez pela Colgate-Palmolive pra despertar o interesse dos russos na nova linha de gel pra banho? Óbvio. Pôs uma linda modelo se banhando em uma cabine no centro da capital. Os vídeos da ação tiveram, juntos, mais de 600 mil views no Youtube.

Genial não é – tem muita ideia que daria um banho nessa -, mas pelo menos chamou a atenção.

Via Ads of the World

"Este pode ser o próximo meio de transporte de quem bebe e dirige."

Campanhas de conscientização costumam dar ótimas ações de guerrilha. Esta aqui, por exemplo, foi criada pela AgeIsobar para a associação Trânsito Amigo, que usou um caminhão cegonha substituindo os usuais carros novos por cadeiras de roda. A mensagem, veiculada no Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito (21/nov),  é breve e impactante. Um impacto bem-vindo pra evitar outros futuros e indesejáveis.

Via PaperPlane

Aposto que foi daqui que saiu e ideia da Chevrolet de veicular um backlight feito à mão, mas sinceramente essa versão da cervejaria artesanal canadense La Korrigane me agrada muito mais. Criada pela Cossette, a ação foi participativa e ainda reforçou os atributos do produto, convidando designers e ilustradores pra desenhar, à mão, anúncios da marca em 1.000 exemplares exclusivos do jornal Voir, de Quebec, que depois foram distribuídos em pubs pela cidade. 100 artistas participaram da ação – regada a muita cerveja, é claro.

Via UoD

A Azul Linhas Aéreas chegou a mudar de cor pra atrair a atenção sobre o diagnóstico precoce contra o câncer de mama. Em parceria com a Embraer e a Femama (Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama), a companhia está promovendo a visita de uma aeronave cor-de-rosa a 23 destinos, com a tripulação toda feminina e uniformizada na cor. A #semanaRosaeAzul é inspirada no Outubro Rosa, que surgiu em 2007, na Califórnia. Na página da empresa no Facebook tem mais informações – pinta lá.

Via Mauren Motta

%d blogueiros gostam disto: